segunda-feira, 15 de dezembro de 2008

Estrada parque para Visconde de Mauá

Há 2 semanas houve uma reunião em Visconde de Mauá para tratar da estrada parque que ligará a Rodovia Nova Dutra até a região de Visconde de Mauá . Estavam lá : o Vice Governador RJ , o Pezão , o Ministro do meio ambiente Carlos Minc , a secretária de meio ambiente do Rio de Janeiro Marilene , o Prefeito de Itataiaia "Luis Carlos do Ypê", o Prefeito de Resende Rechuan , a Vice Prefeita de Bocaina de Minas Conceição , os  engenheiros da UERJ e IBAMA .

Lá mostraram os projetos , explicaram tudo . Previu-se que as obras de pavimentação da serra para Visconde de Mauá começa em março de 2009 definitivamente , assim que as obras , já inciadas , de saneamento básico e tratamento de esgoto das 3 vilas (Mauá , Maromba e Maringaá) estejam prontas . A estrada vai até a vila da Maromba .

Segundo as explanações será a melhor estrada parque do Brasil , com asfalto ecológico , mirantes e fiação subterranea para minimizar a poluição visual . Vamos esperar para ver . Quem pega a estrada todo dia é a favor , mas numa última enquete em nossa Comunidade no Orkut :

http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=938555 ,

onde a maioria são turistas , dá 70% contra a pavimentação . Tá aí um assunto polêmico . Neste sábado estaremos divulgando trechos em vídeos gravados pelo nosso reporter e chef de cozinha Edson Guia .

12 comentários:

Anônimo disse...

Desculpem, mas acho que os "turistas" consultados, que proporcionam 70% de reprovação à Estrada-Parque, devem se esconder em alguns locais que não as Pousadas, onde o placar é exatamente o inverso 70% a favor, e vociferando que não voltam mais, enquanto não consertarmos a Estrada. "Consertarmos" não significa, necessariamente, asfaltar, mas pavimentar, pois não podemos perder mais turistas através do boca-a-boca negativo.
Eu também seria contra a pavimentação, se a Estrada fosse mantida, conservada, cuidada, durante todo o ano, e não aos arrancos, como ocorre hoje, quando a população reclama. Certamente, seria uma região muito mais "ecologicamente correta", sem as obras, que os "turistas" desaprovam, mas, para quem depende da chegada (aí, sim, ordenada, com toda a infra-estrutura) dos viajantes, é imprescindível o conserto do acesso, pois esse turista que se encanta com a rusticidade, sobe para a região , na maioria das vezes, um final de semana por ano, o que é insuficiente para nos sustentar...
Saudações,
José Luiz Ciciliano de Carvalho

Anônimo disse...

NÃO AO ASFALTO!
FAÇAM OBRAS DE INFRA-ESTRUTURA MAS NÃO ASFALTEM O ACESSO.
NÃO AO ASFALTO!
NÃO AO ASFALTO!
NÃO AO ASFALTO!
NÃO AO ASFALTO!
NÃO AO ASFALTO!
NÃO ESTRAGUEM ESTE LUGAR.
DEIXEM NATURAL ASSIM COMO ESTÁ.
É ASSIM QUE FICA LINDO. É POR ISSO QUE CHAMAM OS BONS TURISTAS DE VOLTA. NÃO OS QUE ESTRAGAM O LUGAR E NÃO SABEM VALORIZAR. QUEM GOSTA DE ASFALTO É QUEM SUJA, POLUE, ESTRAGA.
NÃO AO ASFALTO!

Anônimo disse...

tem que asfaltar, isso nao é vida, toda semana um amortecedor novo!!! o dia em que ficarmos ilhados aí mesmo é que ninguem mais lembrará de nós em cima desse morro!!!

Anônimo disse...

estao prometidos 4o milhoes para a realizacao do "asfalto" que com certeza ira aumentar o fluxo de turistas mais novos moradodes na ordem de 300%.O que sera um caus para a regiao que num feriado nao comporta o fluxo atual. ao meu ver com este $$$$$$ seria bem mais proveitoso a compra de maquinas para a manutencao de todas as estradas desde santo antonio, prata, mirantao, flores pavao, cruzes, santa clara, grama,rio preto e nao so o trecho capelinha X visconde de maua e ponte dos cachorros X maromba.

Anônimo disse...

Com certeza a estrada-parque deve sair, é muito importante para o turismo de Visconde de Mauá, com certeza será muito positivo para todos, hóspedes, hoteleiros, comerciantes, empresários, todos serão beneficiados, e claro com a estrada-parque a natureza também agradecerá. Sucesso e torcida para Visconde de Mauá com sua estrada-parque

Aline Tiagor disse...

Oi gente! bom...não sou da região e nunca fui turista da região (embora tenha mta vontade de conhecer!!) mas sou pesquisadora de ecoturismo e justamente de estradas-parque e o que posso comentar é que vcs tem o privilégio de terem uma região com potencialidade para a implantaçao de uma estrada-parque e devem correr atrás do governo municipal e principalmente estadual, para que ela seja feita e mantida da forma correta!! ou seja, um meio de proporcionar um turismo sustentável para a região, pq as estradas-parque são por definição do Decreto n°40.979 do Rio de Janeiro, para levar educação ambiental e o turismo consciente ao local onde estão localizadas! concordo plenamente com os malefícios do asfalto...sou ecologista e contra qualquer tipo de intrusão e modificação no espaço natural...mas no jogo político, infelizmente, os interesses daqueles lah de cima é que vencem e pelo menos caracterizá-las de estradas-parque pode garantir a preservação do entorno deste local!!
espero conhecê-la em breve!!
abraços

Anônimo disse...

Opinião de dois comerciantes e moradores há mais de vinte anos

Só quem sabe o problema no lugar são os moradores e pra vocês que são contra, venham em um feriadão num ônibus lotado para sentir a precariedade da estrada, as mulheres daqui morrem ao menos de 2 KM percorrido ao caminho de uma maternidade, todos os lugares só prosperam devido ao fácil acesso.

OBS: Está na nossa Bandeira Nacional "Ordem e Progresso", na região de Visconde de Mauá não tem nenhum dos dois.


SIM AO ASFALTO, e sim à evolução.

e aos professores do CEAQ, vão lamber sabão, vocês não sabem como é morar aqui.

"PQ os professores não querem o progresso?"

Anônimo disse...

resposta de um Anônimo à seguinte pergunta"pq os professores não querem o progresso?"


R: pq a segurança vai aumentar e a erva vai cair, professores maconheirooooooooooooossssssssssssssssssss

Anônimo disse...

Acho que a estrada parque deveria ser o FINAL do processo, e não o começo. Não foi feito um estudo sério para verificar aspectos básicos de infra estrutura, as cidades sequer tem saneamento básico apropriado, no ano novo experientamos diversas quedas de energia por excesso de demanda, e por estrutura inapropriada, o trânsito é o caos em períodos de maior interesse, e os pedestres ficam expostos nas estradas a malucos e seus carros, passeios ecológicos são feitos em carros à diesel, completamente fora dos padrões de emissão de poluentes. Vejo pessoas querendo lucros rápidos às custas das futuras gerações que não vão ter a oportunidade de conhecer esse lugar maravilhoso...as pessoas podem ter propriedades, mas o espaço, o meio ambiente, as cachoeiras, o rio, e tudo o mais, isso é público, então os idiotas da objetividade que ficam criticando aqueles que não habitam ou não possuem terras no local, deveriam pensar que todos são igualmente responsáveis em preservar aquilo que é público. Estrada parque, sim, mas tudo isso que falei, PRIMEIRO. Depois cobrem 100 reais por turista pra entrar e 20o pra sair. Nào me importo. Mas fazer as coisas pelo lucro rápido e fácil, às custas da destruição da natureza, sou contra. Abraços!!

Anônimo disse...

Estou falando de aumento exponencial de população flutuante, de aumento de criminalidade, de aumento de problemas sociais, de aumento da devastação de áreas naturais, estou falando de matar a cultura local, e as coisas que atraem, no final das contas, os turistas, que são o ganha pão da maioria das pessoas que habitam a região, com seus bares, pousadas, restaurantes, campings, serviços em geral...pensem antes de tomar esse passo, porque depois não tem volta. Exijam uma infra estrutura digna, hospitais, escolas, transporte público, saneamento, segurança pública, etc..., e depois, aí sim, abram para visitação do público...

Anônimo disse...

mas gente...o turismo sustentável quer justamente tornar possível tudo isso que foi comentado acima!! a estrada-parque, se feita da maneira correta, irá trazer dinheiro para os safados do poder mas tbm trará a verba necessária para a melhoria na qualidade de vida da população!! ecoturista quer ver o local preservado, quer ver a cultura mantida e quer pagar por isso!! a comunidade soh tem que exigir que o dinheiro arrecadado seja repassado em beneficios para a propria comunidade!!

FAÇAM DO TURISMO UMA FORÇA PARA A PRESERVAÇÃO AMBIENTAL E ARRECADAÇÃO DE VERBAS PARA BENEFÍCIOS EM VISCONDE DE MAUÁ!!

rui disse...

A estrada parque virou estraga parque... Por ERRO ou MENTIRA fizeram outra coisa, mas não o que prometeram...
www.bloquetesnarj151.blogspot.com